3 dicas para fazer a faxina em menos tempo

Especialistas em limpeza ensinam truques infalíveis para você realizar a tarefa de forma mais ágil, sem perder a qualidade

4 dicas para fazer a faxina em menos tempo (Foto: Getty Images)

É fato que limpeza da casa é uma atividade que faz parte da rotina de muitas pessoas. Apesar de ser uma tarefa que pode não agradar a todos, manter a residência em ordem ajuda a evitar o acúmulo de sujeira, a proliferação de bactérias – que podem ocasionar problemas de saúde – e favorece o bem-estar.

No entanto, há maneiras de tornar essa missão menos árdua e diminuir o tempo que você dedica para concluí-la. Para isso, a dica da personal organizer Juliana Faria, fundadora da Yru Organizer, é estabelecer prioridades. “Foque na limpeza do piso e das superfícies. No dia que tiver mais tempo, faça a higienização de janelas e portas”, explica a especialista.

Juliana salienta ainda que muita gente perde tempo por confundir limpeza com organização. “Guardar brinquedos, sapatos, roupas e outros objetos espalhados pela casa é um trabalho que vem antes da limpeza e se refere à arrumação”, diz. Sendo assim, ela indica que você mantenha os objetos nos lugares certos no dia a dia para não ter essa demanda extra no momento de encarar a faxina.

3 dicas infalíveis fazer a faxina em menos tempo


Com o objetivo de simplificar a rotina, o engenheiro agrônomo e diarista, Humberto Celanti, listou algumas dicas que vão te ajudar a agilizar a faxina e deixar a casa tinindo! Confira:

Menos é mais

Pratique o desapego para não acumular coisas em casa. “Além de deixar os espaços mais leves, esse hábito favorece o rendimento e qualidade da limpeza”, pontua o criador do primeiro curso profissionalizante da limpeza residencial do Brasil.

Coloque tudo na agenda e tenha um cronograma de limpeza para não deixar a sujeira acumular. “A regra é limpar o limpo. Esqueça esse negócio de procrastinar porque ‘nem está tão sujo’. O segredo é saber manter a faxina e isso te liberta daquelas horas a fio limpando, limpando e limpando”, ressalta.

Não faça muito esforço físico

Domine técnicas de limpeza, que aliadas a materiais e produtos, promovam uma higienização com mais rendimento, qualidade e menos esforço físico. “Tudo isso preservando sua ergonomia durante a faxina sem sobrecarregar lombar, ombros e punho. Por exemplo: ao invés de limpar vidros e espelhos com pano, o que sobrecarrega seu ombro, tenha um rodo profissional para limpar vidros.”

O especialista sugere, também, que você substitua o cabo convencional para passar pano no chão por uma peça extensível, que pode se adaptar à sua altura e não sobrecarregar a lombar. Assim, você minimiza o desgaste ao terminar a tarefa.

Fique atento às áreas molhadas

Na cozinha, a gordura é uma das sujeiras mais difíceis de limpar. Então, para evitar acúmulo, higienize móveis, paredes e demais objetos sobre as bancadas e nichos, no máximo, a cada  duas semanas.

“Quanto aos banheiros, realize a limpeza semanalmente ou até com mais frequência, dependendo do número de pessoas que utilizam o espaço. Isso é fundamental devido ao mau odor e para que não haja proliferação de bactérias ou excesso de gordura nos azulejos e vidros do box.”

Fonte: Casa Vogue

Publicado na categoria: Dicas Úteis

Os comentários estão encerrados.