Diaristas de Divinópolis e Uberlândia dão dicas de limpeza e desinfecção de casas durante o período de coronavírus

Medidas visam manter ambientes protegidos. Veja na reportagem os principais produtos usados na desinfecção dos imóveis.

A pandemia do novo coronavírus fez emergir a preocupação com a higiene pessoal em todo mundo, que desde o anúncio dos primeiros casos da doença, fez com que a população adotasse hábitos de lavagem de mãos e uso de álcool em gel como proteção.

Fato é, que esses novos hábitos se estenderam aos lares brasileiros e, por isso, o G1 conversou com duas diaristas, de Divinópolis e Uberlândia, para saber o que é preciso neste momento para limpar e desinfectar ambientes do jeito certo.

Um ambiente limpo contribui para a prevenção de diversas doenças e como afirmam infectologistas. No caso do coronavírus, a atenção deve ser redobrada, pois se trata de um vírus capaz de resistir por dias nas superfícies. No entanto, ele pode facilmente ser dizimado com uma boa limpeza e desinfecção.

No entanto, para quem pensa que a limpeza pesada e desinfecção deve ocorrer todos os dias, as diaristas Mara Dulce, de Uberlândia e Joyce Leal, de Divinópolis, tranquilizam e afirmam que uma vez por semana é suficiente. Com exceção dos banheiros, que devem receber atenção diária na limpeza.

Diferente da limpeza rotineira do dia a dia, quando muitas pessoas usam apenas um pano com desinfetante para limpar superfícies e o piso, a diarista Mara Dulce, de Uberlândia, destaca a água sanitária, devido ao grande poder de desinfecção do produto.

“Indico misturar uma tampinha no balde com até dois litros de água para limpar superfícies e o chão. Um destaque ainda, para os tapetes, que podem ser umedecidos com água e a própria água sanitária, para que assim, as pessoas que chegam em casa limpem os pés na solução e não levem sujeira para dentro dos imóveis”, orientou.

Mara acumula oito anos de experiência. Nas faxinas pesadas e ela sempre usa produtos eficazes como a água sanitária, mas depois que a pandemia foi anunciada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), os cuidados foram redobrados, no entanto, o que ela aplicaria nas casas das clientes, ela agora faz na própria casa, já que ela segue em quarentena.

Para não deixar ninguém na mão, com o afastamento do trabalho, Mara fez questão de falar da eficiência da água sanitária para as patroas e deu dicas preciosas como uso do vinagre de álcool, álcool em gel e a combinação de água e sabão.

Vinagre com álcool

O vinagre de álcool tem sido bastante usado, segundo Mara e Joyce. Além de eficiente na eliminação de germes e bactérias, ele é natural, não agride o meio ambiente e não causa alergias a quem está usando. Além disso tem ação de desengordurante e eliminador de odores.

Como desengordurante pode ser usado com detergente, sendo que, basta usar 1/2 copo de vinagre de álcool com 1/2 copo de água e uma colher de detergente. Dessa maneira, a solução pode ser usada nas superfícies da cozinha.

Para eliminar odores e germes, basta umedecer um pano. Desta maneira, pode ser usado no interior de geladeiras, também em armários e microondas.

Água sanitária

Segundo as diaristas, além das superfícies e nos tapetes, elas indicam utilizar a água sanitária para desinfectar colheres de pau, tábuas de carne e outros recipientes de plástico. Como bônus a diarista Joyce ensina como colocar roupas de molho e eliminar o mofo.

Para desinfectar as colhes e as tábuas de carne é preciso mergulhar os itens em 1/2 copo de água sanitária em dois litros de água, para a eficiência total, a diarista indica que os utensílios devem pernoitar na solução e em seguida devem ser bem lavados;

Para tirar manchas e mofo, deve-se usar um litro de água sanitária e uma xícara de açúcar. Em seguida basta deixar a roupa de molho e lavar novamente, como orientou Joyce;

Ideal para limpeza de pisos, maçanetas, banheiros e ralinhos.

Álcool em gel

O álcool em gel tem sido o produto mais procurado para desinfeção das mãos e superfícies no período de pandemia. Isso, porque o manuseio é fácil e elimina o coronavírus com eficiência. No entanto, segundo especialistas, o produto precisa estar presente nos estabelecimentos onde água e sabão não estão disponíveis. Os dois métodos são efetivos para quebrar a cápsula de gordura protetora do vírus e destruí-lo.

Indicado para limpar objetos como celulares, computadores, mesas, aparelhos de TV e eletromeopáticos em geral. Para esse tipo de limpeza, basta aplicar um pouco do produto em um pano seco e esfregar a superfície desejada.

Água e sabão

Como citado acima, a água com sabão é capaz de destruir o vírus e assim o uso dessa solução pode ser bastante explorado, como sempre foi, na limpeza das casas.

Lavagem de banheiros, pisos, cozinhas, armários, geladeira. Qualquer lugar que possa ser lavado, as diaristas orientam o uso.

“Proceder com lavagem todos os dias pode ser exaustivo, por isso indico explorar o uso dos produtos já citados. Todos devem ser usados com frequência para manter a casa limpa a longe de germes, bactérias e o principal, longe do coronavírus”, finalizou Joyce.

Fonte: G1

Publicado na categoria: Dicas Úteis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *